domingo, 18 de outubro de 2009

O Garoto das estrelas


Transpõe meus olhos vulneráveis
Na beleza que não posso ver
No cantar que não posso ouvir
Só posso ouvir assim, só com o coração

Sentir as fortes palpitações
Quando seus pensamentos voam por aqui
E se por ventura o céu nos unir
As estrelas por nós vão esperar

Como se fosse um pássaro
Cantando sob as flores
Intoxicado por seus perfumes
Me desperta com as palavras mais doces

O distante solitário no banco de uma praça
Apaixonante de palavras meigas
O garoto dos planetas, dos meus planetas
O Garoto das estrelas

4 comentários:

Jose Antonio disse...

Olá, Poetisa!!!!!
Quero meu desenho do Ioga.. rsrs
muito lindo o que vc escreve... relamente vc ouve quando sua alma canta.

~ P . disse...

lindo lindo *-*


parabéns guria =D

nanacosta.s2 disse...

Muito lindo ! Amei tudo!
Parabéns !

Thalita B. disse...

muito obrigada :)